Ritos de passagem

Em cada lugar, em cada cultura, podemos perceber um rito de passagem diferente, por isso, em vários casos conseguimos identificar a sociedade pelos tipos de rituais que ela pratica.
O rito é excelente para o indivíduo, que passa por alguma modificação, pois a sociedade o reconhece por sua nova transformação e não pelo o que era anteriormente. Porém, alguns rituais não são mais lembrados com a mesma finalidade que foram criados, já que são comemorados como celebrações comuns e, devido a este comportamento, essa solenidade acaba por perder sua função.
Diante destes fatores, muitos optam por não cumprir este protocolo. Bem, eu preferi fazer assim em relação a minha festa de 15 anos, mesmo sabendo da possibilidade de não ser compreendida ou até mesmo criticada por minha decisão, escolhi uma forma alternativa de comemorar esta nova fase e sabia que da maneira escolhida, alcançaria resultados positivos.
Surpreendi-me com a atitude de meus pais e achei muito gentil da parte deles em aceitar o que eu realmente almejava, pois muitos pais forçam seus filhos a praticarem rituais não desejados, contudo, deveriam entender que não é fácil para os jovens suportarem todas estas pressões, advindas não só pelas imposições a que são submetidos, bem como a dificuldade que estes têm em admitir que estão em outra fase de sua vida, com maiores responsabilidades desde então e que serão privados de muitas coisas. É preciso ter muita coragem para reconhecer a mudança e este é um dos primeiros passos para mostrar que você está amadurecendo.
O amadurecimento é natural do ser humano, no entanto, pode ser maléfico se este processo for acelerado ou demasiadamente lento. Isso foi ruim para mim, pois sempre tive a preocupação de me portar como uma pessoa mais velha e em face disso percebi que deixei minha infância passar, mas não quero que isso aconteça com a minha adolescência, sei que mais cedo ou mais tarde estarei no mercado de trabalho e terei uma família para cuidar, entretanto estou resolvida, me portarei séria quando necessário e feliz, descontraída, divertida nos momentos prazerosos com a minha família e amigos. Esta é um pouco da minha filosofia de vida e sei que ela poderá se alterar a qualquer momento, pois é apenas com a vivência que corrigimos nossos equívocos.

por: Barbara Fernanda Ferreira Yandra   

4 pensamentos:

Anaa disse...

q pena :b

mas seublog ta lindo,bj bj

http://coisinhasparabloggarotas.blogspot.com/

Lola place disse...

ownt obg Ana obrigado por visitar
beijos

Yaman disse...

Nosssa que post lindoo, adorei
Floor que pena :S
Mais eeein, me segue que eu sigo devolta táa.
Ahh não tem como te tirar do concurso porque já tem votosss, mais eu dou um avizo depois.

Beijoss
Chiquissimas.blogspot.com

Lola place disse...

ah foi a menina a barbara Fernanda quem fez pra colocar no diário de sociologia :a
eh muito chato mesmo, mais tudo bem ai você coloca lá o aviso e eu sigo sim beijos

Postar um comentário

sinta-se a vontade para comentar, ah se quiser que eu vou no seu cantinho deixa o link beijos

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

Página Anterior Próxima Página Home
 

Copyright © 2011 Blue Jeans! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger